Campanha de vacinação contra a paralisia infantil 2024

 

A poliomielite (paralisia infantil) é uma doença contagiosa causada por um vírus que pode infectar crianças e adultos e, em casos mais graves, pode causar paralisia e até a morte. A vacina é a forma mais eficaz de reduzir a mortalidade e as complicações pela doença.

 

Quando acontece a campanha

A partir de 27 de maio.

 

Quem deve se vacinar 

  • Crianças de 1 ano a menores de 5 anos, mesmo com a vacina em dia, devem tomar a dose extra (gotinha)
  • Bebês de até um ano de idade com esquema vacinal incompleto devem atualizar a caderneta com a vacinação de rotina

 

Onde se vacinar

A vacina está disponível em todas as clínicas da família e centros municipais de saúde do Rio de Janeiro. Não se esqueça de levar a caderneta de vacinação ou algum outro comprovante da situação vacinal da criança ou bebê.

Encontre a unidade mais próxima: prefeitura.rio/ondeseratendido.

 

 

Clique aqui para ter acesso ao material de comunicação da campanha.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é o órgão da Prefeitura do Rio de Janeiro responsável por reformular e executar a política municipal de saúde e, como gestora plena do Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade, garantir o atendimento universal da população, conforme os preceitos do SUS. É a SMS que, diante do conhecimento das características e demandas próprias da população carioca, organiza as prioridades da saúde pública da cidade, dentro do que é previsto nas políticas públicas e serviços ofertados pelo SUS.

 

  • ENDEREÇO DO ÓRGÃO:
    Rua Afonso Cavalcanti, 455 – 7º andar
    Cidade Nova – Rio de Janeiro/RJ
    CEP: 20.211-110

    HORÁRIO DE ATENDIMENTO:
    Dias úteis
    9h às 17h (Ouvidoria)

    ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
    (e-mail exclusivo para a imprensa)
    ascomsms@gmail.com

  • DÚVIDAS, SERVIÇOS, INFORMAÇÕES OU DENÚNCIAS:
    ligue 1746 ou (21) 3460-1746, quando estiver em uma cidade com o código de área diferente do 21.

    PORTAL:
    www.1746.rio

    LINKS ÚTEIS

    prefeitura.rio

    coronavirus.rio

Pular para o conteúdo